20 junho 2010

Seja bem vindo à copa

,
É inegável o "ar" que paira ao nosso redor em tempos de copa. Estranhamente as pessoas ficam mais felizes, mais flexiveis, mais aptas às amizades. Em tempos de copa você é obrigado a torcer "pelo seu país" e mostrar o seu lado mais puro e límpido nacionalista.

Não podia deixar de frizar que estou detestando o time brasileiro, não sou nacionalista? mas pelo menos consigo ser realista diante de tantas vuvuzelas, pessoas de caras pintadas e chapelões verde e amarelo (que por sinal são as cores do mascote desta copa, mas não tem nada haver com o Brasil, verde e amarelo também é a cor da África do Sul).

Lógico, que não podemos esquecer a parte boa da copa (são poucas, mas são boas), pelo menos em um intervalo de tempo de 4 anos a maioria dos brasileiros seguem uma meta em comum, as familias se reunem, os amigos se reencontram... a parte ruim? bom, a principal é se estressar assistindo os perna de pau da nossa seleção, ouvir Galvão Bueno endeusando Kaká (que não faz PN)... dentre outras coisas.

Quanto ao ser nacionalista, é fundamental que os brasileiros pensem em "ser brasileiro com orgulho e muito amor" todos os dias, não apenas quando tem uma câmera na frente deles (e como consequencia eles pulam que nem loucos, extremamente rídiculo, vergonha alheia total --'), mas pensar mais no sentido coletivo da palavra, não se deixar esquecer da realidade por causa de uns caras com o c* transbordando de dinheiro, correndo atrás de uma bola, hoje nem mais por amor, apenas por boa vida.


1 comentários:

  • 23 de junho de 2010 04:47
    O Ruminante says:

    O que penso na verdade é que isso tudo é muito inútil e comercial, já gostei muito de copa do mundo, mas tem uns 15 anos que perdeu o sentido.
    Nacionalismo não é pintar a cara na copa do mundo, é trabalhar honestamente pelo seu país, não aceitar corrupção, defender os direitos dos cidadãos.
    É óbvio que se eu tiver tempo vou acabar indo para um jogo do Brasil, mas não estou tão interessado assim como a maioria dos meus amigos brasileiros que estão por aqui.
    Bjos e não desapareça mais.

 

Patrícia, mas conhecida como "Vivi" Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger Templates